reduzir-risco-cancer-mama

Embora a prevenção completa do câncer de mama não seja possível, há muitos passos que você pode tomar para reduzir o risco de câncer de mama desenvolver. Estudos mostram que o exercício é uma das formas mais eficazes de reduzir esse risco. 

A atividade física regular regula os hormônios, incluindo estrogênio e insulina, que podem manter o câncer de mama sob controle e fortalecer o sistema imunológico.

Mulheres que aumentam sua atividade física após a menopausa também podem ter um risco menor de câncer de mama do que mulheres que não o fazem, de acordo com o National Cancer Institute (Instituto Nacional do Câncer).

E, felizmente, há muitas coisas que você pode fazer para se mexer e ter um estilo de vida ativo.

Reduzir o risco de câncer de mama: encontre qual exercício funciona para você

Não existe um número exato de horas de exercícios que evitem o câncer de mama ou diminuam totalmente o risco. No entanto, qualquer exercício é melhor do que nenhum exercício, e quanto mais intensos os treinos, melhor. 

Os especialistas recomendam fazer cerca de 75 minutos de atividades vigorosas e intensas ao longo de cada semana. 

Comece devagar e encontre um ritmo e uma rotina que funcionem para você com base em seus objetivos pessoais de preparação física, sua idade e habilidades, e o que você precisa para trabalhar fisicamente. Consulte seu médico antes de iniciar qualquer rotina de exercícios extenuantes.

Até as pequenas coisas contam

Levar um estilo de vida ativo significa mover-se sempre que possível e procurar qualquer oportunidade de estar em pé. 

Isso pode incluir subir escadas em vez de usar o elevador, fazer uma pausa para caminhar durante o dia de trabalho, usar uma bicicleta ergométrica ou esteira enquanto assiste TV ou até mesmo se inscrever em um novo esporte que você sempre quis experimentar.

Reduzir o risco de câncer de mama: a melhor hora para começar o exercício é agora

Mulheres que desenvolvem hábitos de vida saudáveis ​​mais cedo na vida reduzem suas chances de desenvolver câncer de mama do que aquelas que não começam a se exercitar regularmente até mais tarde na vida. 

Um estudo da Escola de Medicina da Universidade do Sul da Califórnia entrevistou 1.090 mulheres, metade das quais tinha recém-diagnosticado câncer de mama, enquanto a outra metade não. Ambos os grupos de mulheres eram semelhantes em termos de idade, raça e origem. 

O estudo mostrou que os níveis de exercício desde a menstruação até um ano antes do diagnóstico desempenharam um fator significativo no desenvolvimento do câncer de mama, com um efeito positivo mais forte para aquelas que também haviam dado à luz durante esse período, de acordo com um resumo do estudo publicado pela Maurer Fundação. 

Os pesquisadores concluíram que mulheres adolescentes e adultas devem priorizar programas de exercícios físicos regulares como um componente crítico de um estilo de vida saudável.

Certos tipos de exercícios são apropriados para certas categorias de idade, bem como nível de habilidade pessoal e interesse. Aqui estão alguns exercícios mais adequados para todas as faixas etárias.

Reduzir o risco de câncer de mama: 20s-30s

Seus 20 e 30 anos normalmente estão cheios de energia e força, então esta é a hora de fazer do condicionamento físico um hábito para a vida toda. 

Explore diferentes atividades enquanto se concentra no treinamento cardiovascular e muscular. No limite superior dessa faixa, exercícios cardiovasculares baseados em intervalos, como o spinning ou o treinamento intervalado de alta intensidade, podem ajudar a queimar calorias e combater a leve perda de metabolismo que surge com essa idade. 

Certifique-se de acompanhar o treinamento de força também, como subir escadas ou usar um elíptico.

Reduzir o risco de câncer de mama: 40s e 50s

À medida que seu metabolismo desacelera, enfatize as atividades que exercem vários grandes grupos musculares ou todo o corpo. 

Acompanhe o seu cardio moderado a intenso e reserve algumas vezes por semana para o treinamento de força, de preferência quinzenal. Preste atenção especial às pernas, com atividades como agachamento, ciclismo e corrida.

Reduzir o risco de câncer de mama: 60 anos e acima

Continue a atividade aeróbica regular e o treinamento de força, se puder. Faça exercícios de equilíbrio, como caminhar do calcanhar aos dedos dos pés e ficar em pé só para evitar problemas de equilíbrio à medida que envelhece.

Conclusão

Em última análise, o melhor exercício é aquele que você gosta de fazer, o que tornará o condicionamento físico um hábito para toda a vida. 

Divirta-se ao longo do caminho e aproveite os benefícios de um risco menor de câncer de mama, além de muitas outras satisfações. Para mais dicas como essa, visite a revista mais saúde, lá você encontrará dicas para a longevidade com saúde.

Leia também: Saiba as melhores maneiras de lidar com o câncer