principais-datas-comemorativas-brasil

No Brasil, nosso calendário é composto por muitos feriados e datas comemorativas, mas você sabe o porquê disso? 

Basicamente, datas comemorativas são criadas para celebrar os marcos culturais de um país (por exemplo, o 7 de setembro) ou para fazer com que a sociedade discuta anualmente a respeito de um tema (por exemplo, o dia do índio, que tem por objetivo conscientizar a sociedade sobre os problemas dessa minoria). 

Há também as datas comemorativas escolares que são tão importantes para educação.

Nesse contexto, se você deseja saber mais, abaixo, separamos algumas das principais datas comemorativas do Brasil, confira!

Qual a importância de uma data comemorativa?

Como dito anteriormente, as datas comemorativas têm muita importância para a sociedade. Isso porque elas servem para exaltar a cultura do país, criando marcos simbólicos os quais a sociedade deve colocar em destaque durante a data comemorativa (por exemplo, durante o São João é muito falado sobre comidas típicas do nordeste; durante o dia da independência é muito falado sobre os marcos do domínio português no Brasil, entre outras datas).

Além disso, olhando por outro ângulo, especialmente as datas comemorativas que foram impostas recentemente, essas datas têm por objetivo conscientizar a sociedade a respeito de algum tema. 

Por exemplo, o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de Novembro, tem como objetivo levantar o debate sobre o racismo e ainda tem o já citado dia do índio, que aborda temas relevantes para a população indígena.

Por fim, podemos citar a importância econômica de algumas datas comemorativas. Nesse contexto, nada melhor para ilustrar isso do que o Dia dos Namorados, que foi criado por um publicitário que via na data uma oportunidade para fomentar o comércio no meio do ano, tendo em vista que ele era menos rentável no mês de junho. 

Ainda, por exemplo, o dia das mães, dia dos pais, natal, entre outras, são datas que movimentam muito o comércio.

Como surgiram as datas comemorativas?

O Brasil, como explicado anteriormente, possui em seu calendário muitas datas comemorativas e nem todas elas têm uma história oficial de como surgiram. 

Já outras, apesar de serem de origem conhecida, não são reconhecidas pelo Estado (ou município) como sendo uma data comemorativa oficial, portanto, são comemoradas apenas por membros da comunidade que se identificam com elas.

Nesse contexto, o que podemos dizer é que uma data comemorativa surge para representar a cultura de um povo. 

Sendo assim, quando um governante (seja ele um vereador ou deputado) vê a necessidade de comemorar a vida de alguma pessoa, algum acontecimento histórico ou celebrar as origens de um povo, ele deve criar um projeto de lei solicitando a criação de um dia no calendário oficial para celebrar o feito.

Caso aprovado, mesmo que não seja criado um feriado, o dia passa a fazer parte do calendário oficial.

Uma outra forma de criar uma data comemorativa é através da ONU, a Organização das Nações Unidas. Para isso, os países que são membros dessa organização devem se reunir em assembleias e determinar datas a serem celebradas de forma internacional, por exemplo, dia 1 de janeiro é considerado o dia de Celebração da Paz Mundial em todo o planeta terra, mesmo naqueles países que não seguem o calendário gregoriano, mas que são membros da ONU.

Quem criou as datas?

Podemos dizer que, basicamente, todas as civilizações conhecidas adotaram algum meio de separar os dias do ano. Porém, algumas delas, organizavam de acordo com as estações (por exemplo, primavera, verão, outono e inverno). 

Já outras, seguiam o sol, a lua ou qualquer que fosse o referencial adotado naquela época como sendo o certo.

Nesse contexto, na Mesopotâmia, mais ou menos no ano de 2.700 a.C., tem-se o registro do primeiro calendário já criado. 

Com ele, surgiu a ideia de separar o ano em 12 meses com base no ciclo da lua e cada um desses meses teria entre 29 ou trinta dias. Dessa maneira, anos depois, esse calendário serviu como base para que fossem criados diversos outros.

Por exemplo, atualmente, grande parte dos países ao redor do mundo utiliza o calendário Gregoriano, que usa o sol como base para a contagem dos meses do ano (1 ano representa a quantidade de tempo necessária para que a terra dê uma volta completa em torno do sol).

Esse calendário foi criado no século XVI pelo papa Gregório XIII e é adotado oficialmente em grande parte dos países.

Quais são as principais datas comemorativas do Brasil?

No Brasil, como dito anteriormente, nós temos muitas datas comemorativas em nosso calendário, no entanto, nem todas elas são feriados. Abaixo, separamos algumas delas:

  • Celebração Universal da Paz: 1 de janeiro;
  • Carnaval: a data de celebração desse feriado depende e pode mudar de um ano para outro a depender dos governantes do país. No entanto, de um modo geral, esse feriado é celebrado aproximadamente 47 dias antes do feriado de Páscoa;
  • Paixão de Cristo: esse feriado é móvel e é celebrado no domingo anterior ao feriado de Páscoa;
  • Páscoa: a data de celebração desse feriado depende e pode mudar de um ano para outro. Isso porque a Páscoa costuma ser celebrada no primeiro domingo do mês de abril;
  • Dia de Tiradentes: 21º dia de abril;
  • Dia do Trabalhador: 1º dia do mês de maio;
  • Corpus Christi: a data de celebração desse feriado depende e pode mudar de um ano para outro. Isso porque o Corpus Christi é celebrado na quinta-feira que sucede o domingo que é comemorada a Santíssima Trindade;
  • Marco de Independência do Brasil: dia 7 do mês de setembro;
  • Padroeira Brasileira (e dia das crianças): dia 12 do mês de outubro;
  • Dia de finados: dia 2 do mês de novembro;
  • Data de celebração da Proclamação da República: 15 do mês de novembro;
  • Data da Consciência Negra: em algumas cidades, o feriado acontece dia 20 de novembro. Já em outras, esse dia não é feriado, mas é uma data comemorativa;
  • Natal: dia 25 do mês de dezembro;
  • Não são feriados:
  • Índio: dia 19 do mês de abril;
  • Mães: é uma data móvel, mas costuma ser celebrada no segundo domingo do mês de maio;
  • Dia dos namorados: dia 12 do mês de junho;
  • Dia dos professores: dia 15 do mês de outubro;