Conheça 6 maneiras de se preparar para estudar fora do país

Embora a perspectiva de estudar no exterior seja empolgante, também é esmagadora. Fazer todos os arranjos necessários pode rapidamente se tornar agitado, especialmente se for a primeira vez que você se muda para o exterior.

Com inscrições, papelada, prazos e arranjos a serem feitos com muitos meses de antecedência, o processo pode se tornar extremamente desafiador se você não estiver bem organizado.

Com tanto para fazer em um curto período, você pode esquecer passos essenciais e cometer erros se não for cuidadoso. Este artigo discutirá como se preparar para estudar no exterior para garantir que você não tenha esquecido nada importante.

Como se preparar para estudar no exterior

Estudar no exterior é muito divertido, mas nem sempre começa assim. Antes de começar a aproveitar a vida em outro país e adotar outra cultura, você precisa passar por uma preparação.

Como não é tão simples como embarcar em um avião e começar sua aventura, as etapas a seguir sobre como se preparar para estudar no exterior podem ser orientações úteis.

1. Descobrir a documentação

A documentação é uma das partes mais importantes de ter que se preparar para estudar no exterior. Os documentos necessários que você precisará são seu passaporte e seu visto.

Se você ainda não possui um passaporte, esta é a primeira coisa que você precisará resolver durante a preparação para estudar no exterior. Também é importante solicitar um novo passaporte se o que você possui estiver prestes a expirar ou não tiver páginas em branco suficientes.

O processo de visto para estudar no exterior pode ser complicado e pode demorar um pouco, por isso é melhor solicitar com antecedência. Para alguns países, um visto pode levar até seis meses para ser obtido.

Confira os requisitos de visto do país através da embaixada ou consulado perto de você ou no site da embaixada e certifique-se de ter atendido todos os requisitos antes de enviar sua solicitação.

2. Câmbio de moeda com antecedência

Ao estudar no exterior, você precisará garantir que tenha pelo menos uma pequena quantia da moeda local disponível para fazer as compras necessárias.

A troca de moeda no aeroporto é possível, mas você não terá tarifas favoráveis. Além disso, seus primeiros dias em um novo país serão ocupados e você pode não ter tempo para ir a um banco e trocar seu dinheiro.

Prepare-se para estudar no exterior cuidando disso antes de pisar no avião.

3. Informe o seu banco sobre a mudança

Ao falar sobre como se preparar para estudar no exterior, devemos mencionar informar seu banco sobre a mudança. Estudar no exterior requer fundos e, se você não informar seu banco sobre seus planos de viagem com antecedência, eles poderão considerar a atividade da sua conta fraudulenta.

Se eles bloquearem seus cartões de débito ou crédito, você não poderá fazer compras e poderá enfrentar dificuldades para resolver o problema. É melhor se preparar informando seu banco sobre isso antes de sair do país. Dessa forma, você terá acesso às suas contas o tempo todo.

4. Faça os exames necessários

Alguns países exigem um exame de proficiência para saber se você será capaz de lidar com a carga de trabalho e entender o idioma de instrução.

O Reino Unido é um desses países. Se você estiver estudando no exterior em uma universidade do Reino Unido, precisará fazer o teste do International English Language Testing System (IELTS)para provar que você pode lidar com tarefas e palestras em inglês.

Os requisitos para teste variam de acordo com sua localização e sua familiaridade com o idioma, portanto, verifique os requisitos mais recentes.

Algumas universidades exigem os resultados do IELTS, enquanto outras exigem a aprovação no Teste de Inglês Seguro (SELT). Alguns até optam por testar suas próprias habilidades em inglês.

As universidades exigem isso porque certos cursos tem linguagens avançadas e poderá ser difícil o aluno se adaptar com pouca fluência, como a capacitação para cirurgia robótica, onde envolve termos técnicos tanto da medicina quanto das áreas da tecnologia.

Quando se trata de se preparar para estudar no exterior, é fundamental descobrir os requisitos para sua universidade e programa específicos.

5. Pense bem no que levar na sua bagagem

Quando você está começando a se preparar para estudar no exterior, deve pensar em empacotar toda a sua vida em algumas malas. Temos certeza de que você já ouviu falar para não embalar demais, mas estamos aqui para dizer para você fazer as malas com sabedoria.

Comece a fazer as malas pelo menos uma ou duas semanas antes de sair para garantir que você não esqueça as coisas simplesmente porque está com pressa. Além disso, isso lhe dará tempo de sobra para comprar coisas que você não tem.

Também é essencial manter o clima em mente ao fazer as malas. Se o seu local de estudo no exterior for quente, não perca seu tempo embalando suéteres e casacos que você não vai usar.

Além disso, certifique-se de levar roupas neutras ou que você possa misturar e combinar e lembre-se do limite de bagagem ao fazer as malas. Ignorar o limite ou esquecer de verificar antes pode levar ao pagamento posterior de taxas exorbitantes no aeroporto.

A maioria dos voos internacionais permite apenas uma ou duas malas despachadas, então você deve ter cuidado ao fazer as malas.

Também é essencial saber a diferença entre os itens que você coloca na bagagem de mão e a bagagem despachada. Quando se trata de objetos de valor, como eletrônicos e joias, você deve sempre tê-los na bagagem de mão.

O mesmo vale para itens essenciais, como uma muda de roupa, receitas e produtos de higiene pessoal. Se você cometer o erro de adicioná-los à sua bagagem despachada, terá problemas se sua bagagem for extraviada.

6. Organize um transfer do aeroporto

Quando você chega ao seu novo local, pode não saber para onde ir. Se você não está familiarizado com o transporte público ou não pesquisou antes, pode acabar perdido.

Você pode até ter que pegar um táxi, o que pode custar muito dinheiro para longas distâncias. Organizar um transfer para o aeroporto com antecedência evitará problemas quando você chegar ao seu destino de estudo no exterior.

Se organize e siga uma boa viagem para sua formação

Embora as etapas que você precisa seguir para se preparar para estudar no exterior possam ser desafiadoras e esmagadoras, estudar no exterior pode ser uma experiência maravilhosa para os alunos.

Além de expandir seus horizontes, estudar no exterior o ajudará a apreciar diferentes culturas e a torná-lo um cidadão mais global. Esperamos que este artigo sobre como se preparar para estudar no exterior tenha sido útil e ajude a tornar sua jornada mais tranquila.

Veja também Lista de eventos globais de moda 2022: data, participantes, mais